cura

as capuchinhas se foram, eis o ciclo da vida. tudo tem sua hora certa, por isso não adianta ficar tentando controlar as coisas, lamentar o que passou ou se preocupar com o que está por vir... as frutas amadurecem cada uma no seu tempo, algumas folhas caem, as sementes precisam quebrar a proteção de suas cascas para poderem florescer. mudanças, transformações

 

sair da zona de conforto
e não levar a si mesmo tão a sério

deixe as borboletas irem, deixe que vivam seus três dias de verão

o caldeirão no fogo ferve a água da tintura para tingir minhas roupas velhas
a costureira faz ajustes num vestido favorito
eu separo livros para vendar no sebo

preciso encadernar papéis

também preciso de palmilhas novas